SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 número231 índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Archivos de Zootecnia

versión impresa ISSN 0004-0592

Resumen

OLIVEIRA, T.N. et al. Estabilidade e adaptabilidade de clones de Pennisetum sp. sob pastejo: Mancha ocular. Arch. zootec. [online]. 2011, vol.60, n.231, pp.725-732. ISSN 0004-0592.  http://dx.doi.org/10.4321/S0004-05922011000300060.

Foi realizado um trabalho na Estação Experimental de Itambé, do Instituto Agronômico de Pernambuco-IPA, com o objetivo de avaliar a adaptabilidade e estabilidade de clones de Pennisetum sp. sob pastejo, considerando a incidência de Helminthosporium sp. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com cinco repetições e 16 tratamentos. As parcelas mediam 5x5 m com espaçamento de um metro entre linhas. A incidência de Helminthosporium sp. foi estudada por uma escala de notas conforme a presença de manchas nas folhas dos genótipos testados. Com relação à adaptabilidade dos genótipos, o Mineirão (0,31), Taiwan A 25 P 18 (0,50), SEA P 36 (0,28), SEA P 37 (0,38) e Gigante de Pinda P 73 (0,46) apresentaram coeficientes de regressão abaixo da média populacional (β1i), indicando adaptabilidade a ambientes desfavoráveis. Os genótipos Pusa Napier 1 P 25 (1,58), Pusa Napier 1 P 27 (1,55), Pusa Napier 1 P 28 (1,47), Pusa Napier 1 P 32 (1,28), Pusa Napier 1 P 33 (1,22), SEA P 35 (1,60), HV 241 (1,41) e Pioneiro (1,36) responderam melhor em ambientes favoráveis, e o Pusa Napier 1 P 31 e Roxo de Botucatu P 80 apresentaram ampla adaptabilidade. O híbrido HV 241 e o Pioneiro apresentaram desvios significativos da regressão pelo teste F (p<0,05), sugerindo instabilidade e imprevisibilidade às alterações ambientais. Os genótipos Pusa Napier 1 P 31 e Roxo de Botucatu P 80 são genótipos que apresentam ampla adaptabilidade, com resistência ao Helminthosporium sp. e comportamento estável nas condições da Zona da Mata de Pernambuco.

Palabras clave : Ambiente; Capim-elefante; Genótipo; Helminthosporium sp.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )