SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 número231 índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Archivos de Zootecnia

versión impresa ISSN 0004-0592

Resumen

NEU, D.H. et al. Processamento da dieta para larvas de mandi-pintado (Pimelodus britskii). Arch. zootec. [online]. 2011, vol.60, n.231, pp.809-812. ISSN 0004-0592.  http://dx.doi.org/10.4321/S0004-05922011000300068.

Este trabalho objetivou avaliar a influencia do processamento de ração na dieta sobre o desenvolvimento de larvas de mandi-pintado (Pimelodus britskii). Foram utilizadas 75 larvas, distribuídas em um experimento inteiramente casualizado em 15 aquários de 5 l de volume útil em uma densidade de uma larva por litro. As rações foram processadas e fornecidas na forma farelada, pastosa e extrusada moída. As larvas foram alimentadas até a saciedade aparente por um período de 30 dias, 4 vezes ao dia: 8, 11, 14 e 17 h. Os parâmetros da água (oxigênio dissolvido, pH e condutividade) foram mensurados uma vez por semana. Não foram observadas diferenças no desempenho das larvas em relação ao peso médio final e sobrevivência. Para o comprimento médio final, a dieta extrusada moída foi melhor que a ração farelada (p<0,05), mas não diferiu da dieta pastosa. Os resultados indicam que o processamento da ração influencia no desempenho na fase inicial. Por tanto, recomenda-se a utilização de ração extrusada moída para se obter maior comprimento final dos animais.

Palabras clave : Aqüicultura; Desempenho; Larvicultura; Nutrição; Peixes nativos.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )