SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 número232Performance of Carassius auratus with different food strategies in water recirculation systemPerfil fermentativo e valor nutritivo de silagem de capim-elefante inoculada com Streptococcus bovis índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Archivos de Zootecnia

versión impresa ISSN 0004-0592

Resumen

MARQUES, J.R.F. et al. Genetic diversity of brazilian buffaloes (Bubalus bubalis) using DNA microsatellites. Arch. zootec. [online]. 2011, vol.60, n.232, pp.1213-1221. ISSN 0004-0592.  http://dx.doi.org/10.4321/S0004-05922011000400036.

Foi estudada a diversidade genética de búfalos do Brasil utilizando-se vinte e cinco marcadores microssatélites (CSSM41, CSSM8, CSRM60, CSSM33, BM1818, HEL13, MAF65, CSSME70, HSC, BRN, CSSM36, CSSM22, HAUT24, BM1824, SRCRSP8, TGLA227, ILSTS33, INRA23, BM8125, CSSM19, INRA37, CSSM66, ILSTS011, OarFCB48, SPS115). Foram analisadas amostras colhidas ao acaso de cinco populações, ou seja, raças Carabao, Jafarabadi, Mediterrâneo e Murrah, mais o tipo Baio. Em geral, os valores para a diferença entre as heterozigosidades (Ho - He) foram bastantes pequenas, significando equilíbrio nos marcadores utilizados para este tipo de estudo. Os valores do GST demonstraram um nível alto de diferenciação genética e os da estatística F: Fis (f), Fst (q) e Fit (F) demonstraram que os marcadores utilizados permitem inferir informações adequadas sobre as populações, podendo-se deduzir que os grupos Baio, Carabao, Jafarabadi e Mediterrâneo apresentam-se mais homogêneos que o grupo Murrah, o qual mostra níveis altos de endogamia. Os resultados dos estudos de distância genética mostraram que as populações de Baio, Mediterraneo e Murrah, agrupando-se em um cluster comum, demonstra alta similaridade genética, não obstante as suas divergências fenotípicas, confirmando que o grupo Carabao constitui uma diferente subespécie. Os resultados, principalmente das populações de Baio e Carabao, mostram o êxito do trabalho de con-servação genética e a necessidade de se desenvolver novas estratégias para a conservação do germoplasma dos búfalos do Brasil.

Palabras clave : Variabilidade genética; Conservação de recursos genéticos; Marcadores moleculares.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons