SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número2 índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


International Microbiology

versión impresa ISSN 1139-6709

Resumen

BIZANI, Delmar et al. Atividade antibacteriana da cereina 8A, um peptídeo tipo bacteriocina produzido por Bacillus cereus. INT. MICROBIOL. [online]. 2005, vol.8, n.2, pp.125-131. ISSN 1139-6709.

O modo de ação da cereina 8A, uma bacteriocina produzida pela bactéria do solo Bacillus cereus 8A, foi investigado. O efeito da cereina 8A foi testado contra Listeria monocytogenes, resultando em um efeito bactericida com uma concentração de 400 unidades arbitrárias (UA)/ml. A cereina 8A também foi bactericida contra Bacillus cereus à 200 UA/ml. A bacteriocina inibiu o crescimento de Escherichia coli e Salmonella Enteritidis. Uma maior inibição contra estas bactérias gram-negativas foi alcançada quando o agente quelante EDTA foi adicionado junto com a bacteriocina. O efeito da cereina 8A sobre B. cereus e L. monocytogenes também foi investigado por espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR). As células tratadas mostraram um importante aumento de frequência em 2920 cm-1 e uma diminuição na banda de 1400 cm-1, correspondendo a designações de ácidos graxos. A microscopia eletrônica de transmissão mostrou que as células apresentaram danos na parede celular com perda de protoplasma. Estes resultados sugerem que o modo de ação da cereina 8A é interferindo nas membranas celulares e parede celular.

Palabras clave : Bacillus cereus; Listeria monocytogenes; peptideo antimicrobiano; bacteriocinas; espectroscopia de infravermelho.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons