SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número45Validación facial de la escala Nursing Activities Score en tres unidades de cuidado intensivo en Bogotá, ColombiaEdad, Género y Resiliencia en la Conducta Sexual de Riesgo para ITS en Adolescentes al Sur de México índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Enfermería Global

versión On-line ISSN 1695-6141

Resumen

SOARES, Jamyle Rubio et al. Fatores associados ao nível de dor na admissão e na alta em vítimas de trauma. Enferm. glob. [online]. 2017, vol.16, n.45, pp.130-167.  Epub 01-Ene-2017. ISSN 1695-6141.  http://dx.doi.org/10.6018/eglobal.16.1.240431.

Introdução

Diferentes fatores podem estar associados à gênese e manutenção do quadro álgico em vítimas de trauma. A subavaliação e o subtratamento da dor aguda nas unidades emergenciais têm acarretado em um atendimento desqualificado, aumentando a morbidade e o tempo de internação. O objetivo desta investigação foi verificar os fatores associados ao nível de dor na admissão e na alta em vítimas de trauma.

Metodologia

Estudo transversal, realizado com 92 vítimas de trauma atendidas em uma unidade emergencial no Sul do Brasil. A intensidade e localização da dor foram avaliadas, respectivamente, por meio da escala numérica de dor e diagrama corporal. Os dados foram analisados com o auxílio de estatística não paramétrica.

Resultados

Os achados demonstraram que estiveram associadas à dor mais intensa na admissão ou na alta características como: sexo masculino, idade mais jovem, cor da pele não branca, presença de companheiro, lesões do tipo queimadura, presença de prescrição medicamentosa, administração analgésica por via endovenosa e tempo superior a 30 minutos para melhora da dor com a farmacoterapia.

Conclusão

A instituição de protocolos ou algoritmos de mensuração e tratamento da dor pelos profissionais de saúde nas unidades emergenciais deve considerar tais características a fim de se prestar uma assistência resolutiva e de qualidade.

Palabras clave : Dor Aguda; Medição da Dor; Manejo da Dor; Ferimentos e Lesões; Serviços Médicos de Emergência.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español | Inglés | Portugués     · Español ( pdf ) | Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )