SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número45Efectividad del tratamiento tópico de la flebitis secundaria a la cateterización periférica: una revisión sistemáticaProgramas educativos en pacientes con Enfermedad Pulmonar Obstructiva Crónica. Revisión integradora índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Enfermería Global

versión On-line ISSN 1695-6141

Resumen

OLIVEIRA PAULA, Angélica; MARQUES SALGE, Ana Karina  y  PRADO PALOS, Marinésia Aparecida. Infecções relacionadas à assistência em saúde em unidades de terapia intensiva neonatal: uma revisão integrativa. Enferm. glob. [online]. 2017, vol.16, n.45, pp.508-536.  Epub 01-Ene-2017. ISSN 1695-6141.  http://dx.doi.org/10.6018/eglobal.16.1.238041.

Trata-se de revisão integrativa, com objetivo de analisar as evidências científicas sobre as infecções relacionadas à assistência em saúde (IRAS) em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN). Os dados foram coletados nas bases eletrônicas LILACS e MEDLINE, no período de 2000 a 2015. Foram analisadas 36 publicações sobre IRAS, excluídas as infecções virais. Os principais micro-organismos causadores de IRAS são: Staphylococcus (30%), Candida (23,3%), Klebsiella pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa (13,3%), Acinetobacter e Serratia marcescens (6,7%), Enterobacter e Enterococcus (3,3%). Dentre os causadores de septicemia destacam-se: Staphylococcus (50%), Candida (30%) e Acinetobacter baumannii (20%). As principais IRAS em UTIN ocorreram pela transmissão cruzada de micro-organismos por meio das mãos dos profissionais de saúde, superfícies ambientais, equipamentos e artigos não críticos contaminados. Para prevenção e controle das IRAS em UTIN é necessário capacitação dos profissionais para adequada higiene de mãos e limpeza e desinfecção de superfícies ambientais, equipamentos e artigos não críticos.

Palabras clave : Unidades de Terapia Intensiva Neonatal; Recém-Nascido; Infecção Hospitalar.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español | Portugués     · Español ( pdf ) | Portugués ( pdf )