SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número45Terapia compresiva para el tratamiento de úlceras venosas: una revisión sistemática de la literatura índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Enfermería Global

versión On-line ISSN 1695-6141

Resumen

SIMPLICIO OLIVEIRA, Patrícia; LOPES COSTA, Marta Miriam; LOPES FERREIRA, Josefa Danielma  y  JACOME LIMA, Carla Lidiane. Autocuidado em Diabetes Mellitus: estudo bibliométrico. Enferm. glob. [online]. 2017, vol.16, n.45, pp.634-688.  Epub 01-Ene-2017. ISSN 1695-6141.  http://dx.doi.org/10.6018/eglobal.16.1.249911.

Objetivo

Mapear a produção científica nacional e internacional sobre autocuidado em pessoas com diabetes mellitus.

Método

Trata-se de um estudo bibliométrico, cuja amostra foi constituída por 85 artigos, publicados no período de 2005 a 2015, disponibilizados na Scielo, Lilacs, Medline e Scopus.

Resultados

Os estudos concentram-se nos últimos cinco anos; estão publicados principalmente em periódicos internacionais, com destaque para o The Diabetes Educator Journal. Quanto aos nacionais, 20 (23,4%) trabalhos estão distribuídos em revistas para pesquisa em Enfermagem; 51 (67,1%) autores são enfermeiros e 53 (69,7%) são doutores; 78 (91,8%) estudos são artigos originais, 55 (64,7%) transversais, 60 (80,0%) quantitativos, 37 (43,5%) estão na língua inglesa; 51 (64,6%) foram realizados no ambulatório e 55 (64,7%) com pessoas com DM tipo 2; o instrumento mais utilizado foi o genérico, 26 (34,2%); seguido do Summary of Diabetes Self-care activities, 24 (31,6%); o tema mais abordado foi o efeito da educação no autocuidado, 13 (15,3%); o país com maior número de estudos foi o Brasil, com 33 (39,1%).

Conclusão

As pesquisas sobre autocuidado em DM são lideradas por enfermeiros, com foco principal a educação. Ressalta-se a escassez de estudos analíticos e experimentais, mostrando a necessidade de realização de estudos com este tipo de corte para que as hipóteses que surgiram nos estudos observacionais possam ser testadas e, assim, avançar nas pesquisas, contribuindo na adesão para o autocuidado.

Palabras clave : Diabetes Mellitus; Autocuidado; Bibliometria.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español | Inglés | Portugués     · Español ( pdf ) | Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )