SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue47Nursing diagnoses and interventions of the safety/protection domain for hemodialysis patientsForms of obstetric violence experienced by mothers who had normal birth author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Enfermería Global

On-line version ISSN 1695-6141

Abstract

SOUSA, Luís Manuel Mota et al. Validação da “Subjective Happiness Scale” em pessoas com Doença Renal Crónica. Enferm. glob. [online]. 2017, vol.16, n.47, pp.38-70.  Epub July 01, 2017. ISSN 1695-6141.  http://dx.doi.org/10.6018/eglobal.16.3.266571.

Objetivo

Validar as propriedades psicométricas da Subjective Happiness Scale (SHS) em pessoas com Doença Renal Crônica (DRC) em programa de hemodiálise.

Método

Trata-se de um estudo metodológico. A amostra randomizada foi constituída por 171 pessoas com DRC submetida a hemodiálise em duas clinicas na região de Lisboa, Portugal. Os dados foram colhidos de maio a junho de 2015. Foram avaliadas as propriedades psicométricas: validade (construto, convergente e discriminativa), fidedignidade por meio da consistência interna (α de Cronbach) e estabilidade (Coeficiente de Correlação Intraclasse e Coeficiente de Correlação de Spearman-Brown).

Resultados

Os resultados suportam a estrutura unifatorial, com uma confiabilidade (α=0,90). Além disso, esta escala está positivamente correlacionada com a Escala de Satisfação com a Vida (r=0,60; p<0,001), apoiando assim a sua validade de critério.

Conclusões

A versão portuguesa da SHS é válida e reprodutível em pessoas com DRC.

Keywords : Insuficiência Renal Crónica; Estudos de Validação; Psicometria; Felicidade; Enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · English ( pdf ) | Spanish ( pdf ) | Portuguese ( pdf )