SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue48The evolution of coping and adaptation in hospitalised adults who have suffered traffic accident-related musculoskeletal traumaTransition to adulthood in vulnerable youngsters. Impact of a socio-community intervention in the district of Las Remudas, Gran Canaria, Spain author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Enfermería Global

On-line version ISSN 1695-6141

Abstract

SANTOS, Francisco Dimitre Rodrigo Pereira et al. Laparotomia exploratória e colecistectomia: análise da frequência respiratória e saturação de oxigênio de pacientes no pós-operatório imediato. Enferm. glob. [online]. 2017, vol.16, n.48, pp.257-283.  Epub Oct 01, 2017. ISSN 1695-6141.  http://dx.doi.org/10.6018/eglobal.16.4.281061.

Objetivo

Avaliar e comparar a frequência respiratória e a saturação de oxigênio de pacientes no pós-operatório imediato de laparotomia exploratória e colecistectomia.

Material e Método

Trata-se de uma pesquisa transversal, quantitativa, com 63 pacientes atendidos entre novembro de 2014 a abril de 2015. Os dados foram coletados por meio de um questionário estruturado aplicado aos pacientes internados na Clínica Cirúrgica do Hospital Municipal de Imperatriz. Participaram do estudo pacientes de ambos os sexos, com faixa etária entre 18 a 59 anos, no pós- operatório imediato de laparotomia exploratória (Grupo I) e colecistectomia (Grupo II). Do questionário foram extraídos dados relacionados frequência respiratória (FR) e saturação de oxigênio (SapO2). Os dados foram analisados estatisticamente empregando-se o programa BioEstat 5.0, bem como teste Shapiro Wilk para normalidade entre variáveis, teste analítico inferencial Mann-Whitney, e teste Spearman para correlação entre variáveis.

Resultados

Evidenciou-se que não houve significância estatística quanto a alterações clínicas pertinentes a FR (p=0,4) e alterações clínicas da SapO2 (p=0,8) quando comparadas as amostras de ambos os grupos e os procedimentos cirúrgicos realizados. Os casos em que os valores de ambas as variáveis analisadas mostraram-se alterados, evidenciando condições de taquipneia ou bradipneia e hipoxemia foram casos isolados, pouco expressivos estatisticamente.

Conclusão

Constatou-se que independentemente dos procedimentos cirúrgicos realizados, o padrão respiratório permaneceu normal a minimamente alterado, não havendo, nesses indivíduos interferência direta dessas cirurgias sobre a função respiratória que provocasse de forma significativa alteração clínica da respiração.

Keywords : Procedimentos Cirúrgicos; Mecânica Respiratória; Laparotomia; Colecistectomia.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · English ( pdf ) | Spanish ( pdf ) | Portuguese ( pdf )