SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue56Heart debit decreased: cross-mapping of nursing interventions and their contribution in clinical practiceRisk Perception for alcohol and tobacco consumption in Saltillo's Health Sciences students author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Enfermería Global

On-line version ISSN 1695-6141

Abstract

MACEDO, Sonia Maria Kalckmann de et al. Cultura de segurança do paciente: avaliação dos enfermeiros na atenção primária à saúde. Enferm. glob. [online]. 2019, vol.18, n.56, pp.365-397.  Epub Dec 23, 2019. ISSN 1695-6141.  http://dx.doi.org/10.6018/eglobal.18.4.352261.

Introdução

Os estudos sobre segurança do paciente na Atenção Primária à Saúde são atuais, mas não aprofundam o real desempenho dos profissionais em relação à segurança do paciente. Desta forma, é relevante avaliar a caracterização da cultura de segurança entre os profissionais de enfermagem neste cenário, pois favorecerá melhoria do cuidado aos usuários.

Objetivo

Avaliar a cultura de segurança do paciente sob a perspectiva dos enfermeiros na Atenção Primária à Saúde.

Método

Estudo descritivo de abordagem quantitativa, realizado de julho a dezembro de 2017, em catorze unidades de saúde de Curitiba (PR). Participaram desta pesquisa quarenta e três enfermeiros. O instrumento utilizado foi o Medical Office Survey on Patient Safety Culture (MOSPSC) composto por cinquenta e uma perguntas que avaliam doze dimensões da segurança do paciente. A confiabilidade do instrumento é de alfa de Cronbach de 0,95. Os dados foram analisados por Estatística Descritiva, por meio da escala de Likert.

Resultados

Notaram-se problemas relacionados com a troca de informação com outras instituições, ao processo de trabalho, medo da culpa, punição pelos erros e referentes à gestão. Na avaliação global da Segurança do Paciente, 50% dos profissionais da Estratégia de Saúde da Família consideram “muito bom” e na Unidades Básicas de Saúde, 73,9% consideram “bom”.

Conclusão

Resultados mostram uma cultura de segurança com potencialidades e fragilidades que necessitam ser trabalhadas, considerando o enfermeiro como alicerce deste processo para fortalecimento da qualidade e segurança do paciente na Atenção Primária à Saúde.

Keywords : Atenção primária à saúde; Enfermagem; Segurança do paciente.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · English ( pdf ) | Spanish ( pdf ) | Portuguese ( pdf )