SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número58Mujeres con elevado nivel de estudios, víctimas del cuidado de personas con AlzheimerEfecto del relajamiento muscular progresivo en el estrés y bienestar en el trabajo de enfermeros hospitalarios índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Enfermería Global

versión On-line ISSN 1695-6141

Resumen

LEMES, Alisséia Guimarães et al. Caracterização de usuários de drogas psicoativas residentes em comunidades terapêuticas no Brasil. Enferm. glob. [online]. 2020, vol.19, n.58, pp.421-465.  Epub 18-Mayo-2020. ISSN 1695-6141.  http://dx.doi.org/eglobal.389381.

Introdução

O consumo de drogas psicoativas está cada vez mais crescente, de forma precoce e abusiva, causando dependência química. Essa dependência requer tratamento e controle. Um dos locais disponíveis no Brasil para esse acolhimento é o serviço de comunidade terapêutica.

Objetivo

Identificar o perfil dos usuários de drogas psicoativas residentes em comunidades terapêuticas.

Métodos

Estudo transversal, descritivo quantitativo, realizado com usuários de drogas de três comunidade terapêutica, localizadas no interior da região Centro-Oeste Brasileira. Para a coleta de dados utilizou-se um questionário semiestruturado cuja respostas foram lançados e analisados no programa BioEstat versão 5.0, após aprovação ética da Universidade de São Paulo, sob parecer nº 2.487.000.

Resultados

Participaram 21 homens, adultos jovens, solteiros, com baixa escolaridade, desempregado e com religião. O uso de drogas foi precoce, por meio do álcool, tabaco e da maconha, usado por influência de amigos e curiosidade. Houve histórico de múltiplas internações para tratar a dependência química, sendo a comunidade terapêutica o serviço mais procurado. O conflito familiar, a perda do trabalho renumerado e os problemas com a saúde mental, assim como a maneira em que o usuário considera o tratamento recebido e a vontade de usar drogas durante o tratamento apresentaram forte associação com o consumo de drogas.

Conclusão

Conhecer o perfil dos usuários de drogas pode subsidiar ações de saúde voltadas a atender as demandas integrais dos usuários, contribuindo com a elaboração de políticas públicas e estratégias de reabilitação que contribua com a adesão ao tratamento.

Palabras clave : Usuários de Drogas; Saúde mental; Transtornos do Abuso de Substâncias.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español | Inglés | Portugués     · Español ( pdf ) | Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )